13 de jan de 2010

# 0004

assim como o amor, a verdadeira poesia desaba por dentro.

chico buarque

Um comentário:

Maria disse...

Ah, o Chico!

...

[Um prazer tê-lo em meu espaço. És adv.?!]

Saúde e arte!